SCE333 – Certificação de enlaces
ópticos em tier 1

Importante!
Data do curso: 16 e 17/abril/2020 – das 9h às 11h30min
Para se matricular neste curso, entre em contato:
E-mail: info@claritytreinamentos.com.br
Whatsapp: +55-11-98186-9826

Carga horária
5 horas (EAD ao vivo), incluindo resolução de dúvidas ao vivo.

Formato
A aula será transmitida pela Internet, em formato interativo.
O aluno poderá fazer perguntas ao instrutor a qualquer momento.
A aula poderá ser assistida a partir de qualquer lugar que possua conexão à Internet, incluindo smartphones e tablets.
Os alunos poderão continuar tirando dúvidas sobre o tema por até 30 dias após o término do curso, exclusivamente via e-mail.

A quem se destina
Operadores de equipamentos de teste óptico (power meters), técnicos em fibra óptica, profissionais da área de TI e telecomunicações em geral, cabistas, analistas e projetistas de redes e de data centers

Objetivo
Ensinar ao aluno o propósito e os procedimentos básicos para uma certificação do tipo “tier 1” em um enlace óptico instalado, incluindo os testes de atenuação (perda óptica), comprimento e polaridade. Ênfase especial aos métodos de referência para o teste de atenuação (1, 2 e 3 jumpers). Baseado em normas nacionais e internacionais

Conteúdo
Introdução aos testes ópticos – um rápido resumo dos principais equipamentos para teste de enlaces ópticos e suas finalidades

Certificação tier 1 – definição da certificação óptica “tier 1”, sua importância para os links ópticos instalados, e os testes que a compõem (polaridade, comprimento, atenuação)

Polaridade – descrição do teste de polaridade, sua importância, características, técnicas e instrumentos utilizados

Comprimento – descrição do teste de comprimento, sua importância, características, técnicas e instrumentos utilizados. Ênfase na importância do índice de refração na determinação do comprimento do link

Atenuação – descrição do teste de atenuação (ou perda óptica), sua importância, características, técnicas e instrumentos utilizados. Ênfase na importância da correta seleção do método de referência para o teste com power meter

Métodos de referência – descrição de cada um dos três métodos de referência mais comuns (1, 2 e 3 jumpers). Detalhamento de cada um deles, com o procedimento correto e exemplos. O que pode dar errado quando a referência não é realizada corretamente. Dicas para uma boa referência

Aceitação – o que devemos saber para aceitar, ou não, os resultados dos testes em “tier 1”. Quem é, ou quem são, os responsáveis pela definição dos parâmetros de aceitação dos testes. Situações adicionais que podem afetar os testes de atenuação

Material extra
Além das videoaulas, o aluno poderá acessar vídeos complementares e ainda poderá baixar um documento com informações de referência para estudo posterior

Investimento
O valor da inscrição é de R$ 199. Membros da UBIC* possuem 50% de desconto. O pagamento deve ser feito antes do início do curso.
(*) requer comprovação de filiação à entidade

Sobre o autor e instrutor
Marcelo Barboza, instrutor e autor do curso, fundador da Clarity Treinamentos e de seu canal do YouTube dedicado a cabeamento, cofundador do FTTx Classico, formado pelo Mackenzie, possui mais de 30 anos de experiência em TI, membro da BICSI e da comissão de estudos sobre cabeamento estruturado da ABNT/COBEI, certificado pela BICSI (RCDD, DCDC e NTS), Uptime Institute (ATS) e DatacenterDynamics (Data Center Specialist – Design), instrutor de cursos selecionados da Fluke Networks, DCProfessional e Panduit